sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Chery Nunca Mais!


Fiz este blog com intuito de alertar as pessoas acerca do que esta montadora e suas revendas estão fazendo com o consumidor brasileiro. Sou prova viva, há quase 2 anos, de que esta marca veio para explorar selvagemente um mercado extremamente carente, cansado dos desmandos de meia dúzia montadoras tradicionalmente instaladas no país e que abocanham boa parte do mercado. Aproveitando-se disto, a  Chery optou por um modelo de exploração que se resume a vender carros supostamente completos e seguros, com preços convidativos. E é só. A empresa não tem cuidado nenhum com o pós-venda e nenhum respeito com o consumidor brasileiro.

 Radiografia da Chery No Brasil:

Produto:
- Carros com qualidade duvidosa;
- Alta incidência de carros problemáticos (Controle de qualidade inexistente?);
- Ausência de tropicalização (adequação à realidade brasileira);
- Veículo descartável: desgaste acelerado.

Montadora:
- Não presta suporte ou qualquer tipo de atendimento aos proprietários de carros da marca. Não se responsabiliza ou se compromete com os diversos problemas do produto e das revendas;
- Não entra em contato, não responde emails ou reclamações. Abusa de mensagens automáticas vazias em todos os canais: SAC, ReclameAqui, Facebook, Twitter;
- Apresenta um sistema de garantia confuso e ambíguo, parecendo ser algo virtual, fictício ou apenas propagandístico.

Revendas:
- Pouco estruturadas;
- Mão-de-obra deficiente;
- Funcionários sobrecarregados e insatisfeitos;
- Falta de cuidado e esmero nos procedimentos;
- Cobrança de preços abusivos por peças e serviços;
- Sem disponibilidade imediata de peças;
- Não seguem as recomendações do fabricante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário